Lost retorna para a 6º e última temporada

E no último dia 2 de fevereiro, enquanto aqui em Salvador jogávamos oferendas para Iemanjá em seu dia, Lost retornava para a sua última temporada com o lançamento de 2 episódios (ou episódio duplo se preferir). A ansiedade pela volta sempre existiu, mas no fundo eu temo que esta 6º temporada não irá me agradar.

Não irei discutir os episódios nem entregar spoilers, só irei acrescentar aqui o que achei desta retomada de Lost. Para ver o resumo do Episódio LA X partes 1 e 2 basta acessar o link abaixo para o blog Lost in Lost:

Mesmo que tenha explicado algumas coisas (poucas coisas), Lost nunca perde sua essência, que é descomplicar 5% e embolar os 95% restantes. Com tantas viagens no tempo, realidades alternativas e mistério em relação a mortes e ressuireções fica complicado realmente se situar.

A primeira parte praticamente pouco acrescenta, quase todo o episódio passa e nada de muito relevante acontece. As coisas começam a esquentar mesmo na segunda parte.

Promo do Episódio 3

E para quem já assistiu o retorno de Lost, confira abaixo a promo do próximo episódio chamado “What Kate Does” que irá ao ar no dia 9 de fevereiro:

E o monstro de fumaça ein amiguinhos?

14 comentários sobre “Lost retorna para a 6º e última temporada

  1. Até agora estou digerindo o episódio, fazendo reflexões sobre o que assisti. Uma hora eu acho q não gostei, outra hora tento me convencer que curti.

    Mas algo que tenho certeza que dou palmas para as atuações de Terry O´Quinn (Locke) e Josh Halloway (Sawyer). Os dois entregaram atuações épicas durante o episódio.

    O que gostei é que ficou com um jeitão de series finale. Apesar de achar que começaram a viajar na maionese mais uma vez, ainda confio em Darlton para uma final inesquecível.

    Curtir

  2. Caio, as atuações dos atores que mencionou realmente estão foda, eu não estou curtindo muito o ‘novo e meloso’ Sawyer, gostava mais quando ele era malvadinho hehehe.

    Quanto ao logotipo, já comentaram, ele vai voltar, é que a imagem que tinha tava pro fundo branco, e agora preciso pra este fundo preto. Ainda vou ajeitar mais algumas coisas.

    Porra Ramonaldo, The Black Smoke tá foda pra caralho, vamos arrumar logo nossos círculos de cinzas! hehehehe

    Curtir

  3. Eu ainda estou na mesma situação que Caio, não sei se gostei ou não do rumo tomado. E essa brincadeira tempo e espaço, realidade alternativa está ficando perigosa, vai acabar caindo em contradições difíceis de explicar. Agora “What Kate does”? Não é o nome de um episódio da primeira temporada? Vão repetir os nomes também?

    Curtir

  4. Pense no melhor seriado do mundo. Multiplique por 1.000.000. É Lost. Amo muitto esse seriado. Esse inicio da sexta temporada foi muito bom. Penso que se vingar a opção deles terem conseguido a ilha não mais existirá. Chegará ao seu fim. Mas se eles ficarem na ilha protegendo-a. Poderão ser os habitantes naturais dela.
    Lost perdida será como Atlantis a Ilha perdida.

    Curtir

  5. Um final excelente.
    O verde em Lost representa a literatura fantástica.
    O verde nasce, na prática do artista, da fusão do azul cor da imensidão com o amarelo cor da riqueza.
    O Azul é a cor da constância, da transcendência, do desejo infinito, das profundezas obscuras, simbolizadas pelo Céu e o Mar. Para alguns povos é o Mal e a mentira, a ilusão e o sonho. No Alcorão, o azul simboliza o mal por identificar os criminosos. O Azul representa o onírico, o surreal, instando em adornos de deuses, em roupas de santos católicos e até mesmo recobrindo Krishna, que tem a pele interessantemente azul.
    O azul é a cor da imaterialidade, é a cor do surrealismo.
    A cor amarela representa a materialidade e, basicamente, a riqueza, esta cor por si só é negativa na perspectiva de todos os seres que aspiram à transcendência divina, à pureza e ao desapego mundano.
    Os personagens tinham apegos,comida,drogas,sexo entre outros apegos.
    Havia hesito o tempo todo na série,sendo o hesito a marca da literatura fantástica.
    Assim com o filme Matrix,muitas coisas ficam sem explicações palpáveis,pois era um mundo ilusório. Assim como Lost,muitas coisas ficam soltas,batem e voltam em nossos pensamentos ai está o hesito.
    Partindo do embasamento da literatura fantástica essa serie foi muito bem escrita,causando grande curiosidade em seus seguidores.

    Por Insana estudante de letras.
    Beijinhos insanos!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s