Pandorum

 

Pandorum (Suspense, Ficção Científica: 2009/2010 – 108 min)

Dirigido por Christian Alvart com roteiro de Travis Milloye  Christian Alvart. Estrelando: Dennis Quaid, Ben Foster, Cam Gigandet, Antje Traue, Cung Le, Eddie Rouse e Norman Reedus.

A ficção científica de suspense ou terror esteve um pouco abandonada nos últimos anos. Desde “Alien – O Oitavo Passageiro” que pouca coisa digna de nota foi lançada. E é justamente no melhor estilo “Alien” que “Pandorum” começa, com uma atmosfera de cenas muito tensas e competentes. A parte ruim de tudo isso é a forma lamentável que o filme termina.

A trama segue a história de dois membros da tripulação de uma imensa nave espacial que despertam de um ‘hipersono’ sem lembranças do que estão fazendo ali. Não demora muito e eles descobrem que não estão sozinhos, estranhas criaturas parecem caçar as raras pessoas que ainda estão na nave. Em meio a luta pela sobrevivência, eles precisam ainda arrumar uma forma de reativar a energia da nave para chegarem ao seu destino, o planeta Tanis, novo destino dos humanos já que a terra está nas últimas.

A grande sacada do filme, pelo menos do início dele, é a tensão que ele proporciona. Com cenas escuras e cortes rápidos, conseguiram criar um atmosfera e uma linha narrativa bem interessante, ainda que não seja nenhuma novidade. Parte disso se deve as atuações bastante convicentes de Ben Foster (30 Dias de Noite) e Denis Quaid.

O grande problema de “Pandorum” fica mesmo com algumas passagens desnecessárias e, principalmente, o seu desfecho “eu quero ser” “Sunshine – Alerta Solar“. Ao sair da atmosfera simples mas bastante eficiente do início do filme, o diretor Christian Alvart acabou por querer colocar as mãos onde não conseguia alcançar, e o que ele conseguiu mesmocom isso foi estragar uma obra promissora.

O resultado de um ótimo início com um desfecho  decepcionante – me explique aquelas cenas de computação gráfica terríveis que vemos no final – só podia mesmo dar num filme regular, infelizmente. Longe de ser uma obra ruim a ser desprezada, eu diria que Pandorum é um filme quase bom, faltou apenas “viajarem” menos.

17 comentários sobre “Pandorum

  1. E o que foi aquela passagem toda com o cozinheiro?
    E o pequeno canibal?
    Vergonha alheia total!

    Diferente de você, achei o filme péssimo.
    Principalmente por ter destruido um começo tão maravilhoso e promissor. Hehehe.

    E, realmente, o final é de doer.

    Beijocas

    Curtir

  2. É Cecília, realmente tem vários momentos trash e desnecessários como estes que você citou, mas eu realmente achei legal o iníco, bem tenso, por isso subiu um pouco no meu conceito hehehe

    Mateus, é isso aí. Se bem que a parte que ele tenta ser “Alien” é ate interessante, o que mata mesmo é o final e a solução de tudo.

    Em fim, assista por sua conta e risco hehehe

    []´s

    Curtir

  3. Eu baix… Digo, fui na locadora e aluguei legalmente esse filme.
    Tirando algumas cenas completamente desnecessárias (Como o cozinheiro, o tripulante do time 4, e etc) achei um bom filme. Especialmente o final (OK, por final me refiro à história, e não pela qualidade do 3D).
    Pior seria se eu passasse 2 horas vendo esse filme, pra no final todos morrerem, e ficar por isso mesmo.

    Curtir

  4. Fernando, eu achei o filme quase bom.

    Tava curtindo mais quando eram so as cenas escuras e aquelas “criaturas” “caçando” eles.

    Depois que virou filosofia e não sei o que, o filme desandou. Mas realmente não é ruim!

    []´s

    Curtir

  5. Eu achei o filme excelente, inclusive por seu desfecho. Gosto quando acaba tudo bem e achei interessante a explicação dos eventos.

    SPOILER – Concordo com Fernando. Detesto estes filmes que fazem você passar pelo diabo para no fim matar todo mundo. Só vale a pena quando é por algum motivo concreto, como em A Ilha do Medo ou Sunshine.

    Curtir

  6. O meu maior problema com Pandorum não é nem o fim, mas sim algumas coisas desncessárias, personagens ridículos e tramas paralelas que nada acrescentam ao filme.

    Se tivesse terminado simples como começou seria melhor, por isso que eu achei um filme “quase bom”.

    []´s

    Curtir

  7. Caro leitor se assistiu pandora deve estar decepecionado começa bem acaba mau,sem muita tecnologia futura,armas,imagina se a nave caise ?E lutas mais justas entre humanos ai sim seria um bom filme queria meu dinheiro da locação de volta que pena que não da.

    Curtir

  8. O cozinheiro canibal saber tanto, forçou a barra; mas o final com a passagem dos seculos é bem interessante e nem acho que o efeitos ficariam muito melhores, são limitações da tecnologia de computação.O Lucas fez igual e até pior nos ultimos Star Wars.

    Curtir

  9. A única razão de eu ter assistido foi a presença de Cung Le, melhor ator que o loirinho chato, falando quase nada. Mas porque raios o diretor tem de cocozar tudo? Vacilo pô, ele sozinho acabaria com geral ali, haha

    Curtir

  10. Assisti somente hj, engraçado foi o meu “Pretendo assisti-lo nos proximos dias” ali em cima rs.

    Discordo da crítica e acho o filme acima da média, com alguns defeitos, é claro, mas com uma história bacana, um bom suspense e um final digno. Curti!

    Curtir

  11. No final da trama, o significado de “Pandorum” causou total estranheza pra mim, pois ele não tem importância nenhuma na história do filme. O filme estaria por si completado e sem nenhum buraco mesmo se tal doença mental (o verdadeiro significado de “Pandorum”) que atingiu os tripulantes da nave não existisse.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s