The End, o último episódio de Lost

Antes de comentar sobre o que achei do final de Lost, das lacunas abertas, do que entendi e tudo mais o que esta série representou e continuará representando, vou comentar um pouco sobre “The End“, o episódio final da série que foi dividido em duas partes com 2 horas de duração no total.

Os comentários abaixo, obviamente, contêm SPOILERS para quem ainda não o assistiu, portanto, caso não queira saber nada sobre os acontecimentos apresentados nele, pare por aqui…

The End

Antes de mais nada é preciso dizer que o desfecho de Lost foi altamente emotivo e, em alguns momentos, ficou próximo dos finais de novelas globais com grandes encontros de personagens todos felizes, nascimento de bebê (“novamente“) e algumas pieguices. Para mim, nada de absurdo ou que não fosse esperado.

Só que a “marca” da série esteve presente em quase sua totalidade. A mistura de misticismo, fé, ciência e busca por redenção esteve presente de forma intensa principalmente na parte final, onde vimos uma grande correria e a disputa entre Jack e o Fumacinha Locke que iniciou num esquema de disputa de “pensamentos” para, só depois, partirem para as vias de fato.

Falar da realidade paralela agora pode parecer estranho já que sabe-se a sua explicação, ou menos imagina-se. E nela vemos Jack examinando o raio x de Locke, Desmond continuando com auxílio de Hurley a ‘recrutar’ os passageiros do vôo Oceanic 815 para o tal concerto beneficente e que culmina tudo na cena final que vou falar mais adiante. Jack finalmente consegue operar com sucesso John Locke, talvez o motivo de maior felicidade e realização pessoal dele nesta ‘realidade’.

Já na ilha os focos são mais ‘urgentes’. Jack, Hurley e Kate tentam proteger a fonte da luz, Sawyer parte em missão paralela para tentar resgatar Desmond, que no final das contas vira elemento de disputa, ou uma arma que não se sabe ao certo qual lado irá ajudar no final das contas. Outros personagens como Miles, o piloto ressurgindo das cinzas (na verdade do fundo do oceano) e Alpert estão correndo de encontro ao avião para finalmente fugirem da ilha.

O sentido de urgência com chuva, terremotos e a ilha afundando é cada vez mais intenso. E no final das contas, é “fora da ilha” que descobrimos toda a verdade sobre os losties. Eles estão se lembrando do que viveram um com os outros, se reencontrando por conta do pai de Jack Christian Sheppard e é ai que descobrimos que estão todos mortos.

E é a cena que Jack descobre que já está morto que causou tanto alvoroço mundo afora. Muita gente não deve ter prestado atenção no que o pai de Jack disse que eles não morreram todos juntos, alguns antes, outros depois, mas todo aquele encontro era necessário para que eles pudessem seguir adiante. A porta da esperança se abre, com ela invade uma luz intensa e é o fim para eles, na verdade é uma nova descoberta e o início de uma nova e desconhecida jornada.

Mas a última cena mesmo foi genial. Para uma série que começou com o abrir dos olhos de Jack, terminar com ele fechando os olhos foi simplesmente sensacional.

Muitas lacunas ficaram abertas, muitas coisas no final das contas parecem não ter tido sentido ou propósito algum, mas isso é Lost, esta foi a série que aprendi a gostar, que me fez perder noites e horas pesquisando sobre teorias loucas e que está me fazendo até agora discutir seu desfecho.

Eu ainda estou seguro que sim, os criadores sabiam onde queriam chegar. A série, como um todo, foi realmente espetacular e tenho vários motivos que corroboram com esta minha opinião. Aceito quem pense o contrário ou tenha detestado seu final, mas isso é assunto prum próximo post…

18 comentários sobre “The End, o último episódio de Lost

  1. O seriado foi sim muito bom, ótimos momentos, momentos marcantes, agora com certeza esse último episódio não foi um desses momentos marcantes. Mas eu já esperava que o final foi nesse esquema “emotivo” mesmo. Não achei ruim, mas também não achei excelente.

    Curtir

  2. Minha opinião é a mesma do Ramon. O final competente e não insultou nossa inteligência, mas acredito que poderia ter sido ainda melhor.

    É uma série para ser revista daqui a algum tempo e analisada com calma.

    Abraço

    Curtir

  3. Como venho dizendo, Lost é como a nossa vida, as coisas simplesmente acontecem independente da nossa vontade. Acho q Lost retrata como é a nossa realidade através da licença poética da ficção.

    Afinal, as temporadas da nossa vida também não tem muito a ver uma com a outra, não é mesmo?

    Curtir

  4. Grrrrrrrr…. Sinceramente, eu gostaria que tivesse prevalecido, no final, o lado cientifico da serie.

    A explicação da morte foi pura embromação. Eles se perderam ao longo das temporadas e não conseguiram linkar as historias.

    Pelo amor de Deus! Por que eles não explicaram o significado dos números? E a escotilha? Para que servia? E o mistério de Widmore?. E as pessoas que chegavam a ilha? A Iniciativa Dharma? Quem jogava aqueles alimentos nos paraquedas?

    Tô revoltado…

    Muito melhor se eles tivessem mantido todos na ilha e deixassem o final por conta da nossa imaginação.

    Curtir

  5. Concordo plenamente com Davi. O final de Lost não levou em conta o que aconteceu nas primeiras temporadas, que foram as melhores. Não tivmos as respostas para as questões mais inquietantes. Uma pena, Lost merecia um final melhor.

    Curtir

  6. Foi a coisa mais idiota que ja vi na minha vida, hoje eu me sinto o cara mais decepcionado do mundo … Cara eu perdi 6 anos da minha vida pra ver uma merda dessa no final???

    Gente nada faz sentido!! Vou falar uma coisa vcs podem nem acreditar, só que terça feira eu queimei todos os DVDs da 1° a 6º Temporada que eu comrei ao longo desse tempo todo, ñ vou permitir que outras pessoas sintam o q sinto agora!!

    Curtir

  7. A série foi excelente, uma das melhores que já assisti, mas me decepcionei com o final. Muitos acontecimentos durante as temporadas simplesmente foram deixados de lado,sem uma explicação plausível. Aliás sem nem mesmo uma explicação meia-oca. Apenas foram esquecidos!!! Que m…é essa!? Os roteiristas cagaram a série toda com este final. Me sinto enganado!!!! Esperava algo mais científico ou sobrenatural do que essedesfecho idiota de “morte”. Pra mim, eles se perderam nos enredos q eram muito complexos e não tiveram outra saída a não ser inventarem isso.

    Curtir

  8. desculpe o termo,se realmente a grande maioria gostou da serie,os autores deram uma cagada iNCRIVEL, o q vi foi ele se perdendo no meio do enredo nada do q ele mostrou nem espiritualmente e cientificamente explicaria a trama.A SOLUÇÃO CLARA FOI MATAR TODO MUNDO.DESDE DE O INICIO TODOS ACHAVAM ÓBVIO A IDEIA DE TODOS ESTAREM MORTOS.SE PERDEU FUGIU O ORÇAMENTO POR ISSO O FINAL foi esse fracasso.igual a carminha ter matado o max.

    Curtir

  9. confesso que não curti muito o final de lost,mais meu foi a melhor serie que eu assitir,sinto muito falta,e assito ainda meus dvd’s,até hoje não consigo me envolver numa serie….AMO LOST…

    ps:MARCIO MELO vc me ajudo muito a entender o final,me indique uma serie boa.valeuuu

    Curtir

    1. Fico feliz que tenha esclarecido alguma coisa, apesar que foi a minha visão, não quer dizer que é a certa e nem que exista alguma visão correta.

      Quanto a outra série para te indicar é um pouco complicado já que não sei o seu gosto, mas das que estou assistindo atualmente tenho gostado MUITO de Game of Thrones e The Walking Dead.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s