[True Blood] – Trouble (Temporada 3, Episódio 5)

Se os quatro primeiros episódios desta terceira temporada de True Blood não tinham dito ao que veio a série este ano, este quinto episódio intitulado “Trouble” traz novamente a série àquele patamar que todos estávamos esperando ansiosamente.

De longe este é o melhor episódio da temporada até aqui, até porque True Blood é antes de tudo uma série divertida e insana, e é isso (aliado às cenas sensuais) que dá a ‘liga’ e angaria tantos fãs, como eu. Diversas situações impressionantes e surpreendentes (de certa maneira) aconteceram ao mesmo tempo em que as histórias tiveram mais espaço para se desenvolver, e as surpresas desta vez foram muito boas.

Se antes o rei do Mississippi era o meu favorito entre os novos personagens, a partir deste episódio ele perdeu o posto para Franklin. Não sei dizer qual foi a melhor cena dele, enviando o SMS super veloz ou chorando feito louco (e bota louco nisso) por Tara, uma figura ímpar. Um vampiro maluco, inconsequente e assustador? Era justamente disso que a série estava precisando. Quem não está gostando nada disso é a pobre da Tara, que está vendo que é melhor fingir que está colaborando e gostando dele para não piorar a situação. Só que o seu “pedido” (que está mais com cara de ordem) para ela ser sua noiva vampira vai complicar muito as coisas.

Outra surpresa foi ver o enfermeiro da mãe de Lafayette, o tal do Jesus (sugestivo demais né?) indo visitar e mostrar que está interessadíssimo na “puta louca” da cozinha do Merlotte´s. Acho que ele já estava merecendo um pouco de felicidade.

E falando no Merlotte´s não podemos esquecer de Sam e “sua família”. Seu irmão pode encontrar nele uma chance de escapar do louco e bêbado pai que ele tem. Acho que existe algo maior por trás de toda essa história, sem trocadilhos por favor.

E quem parece estar voltando ao velho estilo é Jason Stakehouse, que está aos poucos trilhando o caminho da polícia com um empurrãozão do novo Xerife Andy. E aquela história dele com aquela garota, que gosta da natureza e tal? Sei não, mais estranhezas e mistérios estão no ar para mim, e isso é bom.

Saindo das histórias ‘menores’, no elenco de “frente” as coisas estão caminhando de forma excelente agora. Sookie fazendo dupla com Alcide está muito legal de se ver. Bill Compton, como era de se esperar e eu já vinha comentando, estava apenas tentando livrar sua querida telepata de maiores problemas, mas o amor fala mais alto e no final vimos toda aquela confusão.

Enquanto Eric procura abrigo (ou seria algo mais?) na casa de Russel, no tour com o companheiro do rei do Mississippi acaba tendo uma lembrança sinistra, dos tempos de quando ainda era um Viking. E agora, vingança? Sim, estou louco para acompanhar essa saga do nórdico vampiro que está se transformando num sujeito muito bem quisto.

Agora, claro, só poderia finalizar mesmo com Sookie Stakehouse. Toda aquela investigação a respeito de sua árvore familiar está se mostrando bastante interessante. Só não foi mais incrível do que a cena final, aliás, a tempos que True Blood não terminava um episódio com um gancho tão sensacional. Aquele poder que saiu de suas mãos na cara do lobisomem (lembrou de Maryann na segunda temporada?) foi realmente como gargalhou Russel: Fantástico!

Próximo Episódio

Mesmo que tenha faltado um pouco mais de sexo e violência, este quinto episódio foi realmente o melhor até aqui. No dia 25 de julho lá nos EUA vai ser exibido o sexto episódio desta terceira temporada de True Blood, I Got a Right to Sing the Blues. Se continuar no mesmo ritmo tem tudo pra ser muito bom.

5 comentários sobre “[True Blood] – Trouble (Temporada 3, Episódio 5)

  1. Para mim tb foi o melhor. Tem mt coisa q eu, particularmente, quero q aconteça, mas nem sei se rola.
    Tipo…Sookie e Alcide, ia ser lindo!
    Tara, virando uma super vampira malvadona hahaha!
    Qto a família estranha de Sam, será q aquele pai é pedofilo? oO Mt estranha aquela relação dele com o filho.
    E eu acabei de pensar algo bem bizarro aqui.
    hahaha!
    Adoro true blood, pq não fica só nos vampiros, o q foi aquela cena dos lobos no bar, adorei o/

    Fiquei impressionada com a história de Eric, sério q ele é do tempo dos viking? Como vc disse, vem vingança por aí ;D

    Tantos mistérios…Estou louca p ver o 6.
    Té o próximo rs

    Curtir

    1. Jeniffer, sim, parece que a série agora engrenou, que bom para a gente.

      Tava sentindo falta dessa loucura em True Blood. Tem diversão, humor, violência e uns toques ‘porn’ também que agradam não só homens mas também as mulheres,

      É uma série bem completinha.

      Abração!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s