ILS – Eles

.

.

.

.

Em 2006 foi lançado um filme de suspense, com uma temática que pode lhe parecer repetitiva mas com certeza é uma película diferenciada. A princípio, basta lhe dizer que David Moreau e Xavier Palud filmaram com baixo orçamento, sem efeitos especiais e com uma história assustadora. Mais ainda, por ser baseada em fatos reais, acontecidos em 2002 na Romênia, que deixou todos estarrecidos quando a origem/ identidade dos assassinos foi revelada pela polícia.

O filme conta a história de um casal, Clementine e Lucas, que moram em um casarão mais afastado da cidade e durante uma noite são perseguidos e atacados por um assassino misterioso.

.

Ils não consegue fugir de clichês e esteriótipos, isso é fato. O que diferencia este filme dos demais é o clima de tensão que se instala e praticamente sem nenhum efeito especial elaborado ou sangue, contando apenas com a interpretação dos atores e o cenário apropriado. O fato do vilão não estar claro para nós até o final do filme, a angustia só cresce e em momento algum nos sentimos seguros ou aliviados. Claustrofobia, medo, perseguição, eficiente e surpreendente. Não posso nem quero me aprofundar mas uma coisa é certa: os franceses são muito bons em estabelecer tensão nos seus filmes. Fiquem de olho e descubra quem são eles.

Vale ressaltar:

– Filmes de terror/ suspense europeus são assustadores. Vou trazer mais exemplos para vocês;

– Já estou preparada para comentários frustrados, dizendo que esperavam mais, não foi interessante. Para mim, em 2006, foi algo novo e apropriado. Vale o tempo.

– Apesar de informar que foi baseado em fatos reais, o filme Os Estranhos, com Liv Tyler foi inspirado em ILS;

12 comentários sobre “ILS – Eles

  1. Interessantíssimo!!! Adorei “Os Estranhos”, esse então deve ser muitas vezes melhor, né?
    Já na busca!!

    PS: sem querer bancar chato; te adoro, Dani, mas fiquei anormalmente incomodado com o “cujo a” na primeira linha do post. Isto não existe.

    “cujo, cuja, cujos, cujas” – certo
    “cujo o, cuja a, cujo os, cuja as” – errado. Ok? Só querendo otimizar o blog pelo qual venho nutrindo uma paixão descomunal. Se quiser pode deletar e não postar este coment, sem problemas. Bjão do chato, rs.^^

    Curtir

    1. Já modifiquei Well…
      Infelizmente assisto aos filmes a noite e depois de escrever bate aquela preguiça e sono … acabo deixando a revisão do texto de lado.
      Farei o possível para dar uma lida antes de mandar o post.

      Curtir

  2. Assisti este filme e realmente o achei muito bom.Até hoje sou impressionada porque é um filme aterrorizante e quando vc para e reflete que é baseado numa história real, é mais assustador ainda….Credo..Até hoje sinto arrepios só de pensar…

    Curtir

    1. Pois é. Eu também senti medo e arrepios. O filme é bom. Ao contrário da maioria que pode não ter gostado, pois prefere ver efeito pra sentir mesmo. E isso não é necessário.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s