The Walking Dead, episódio 2: Guts

Um pouco atrasado em relação a data de lançamento do episódio lá fora, venho comentar sobre o segundo episódio de “The Walking Dead”, chamado Guts (que pode ser traduzido como ‘entranhas’). E é aqui que a série chega a um ponte de divisão, pois, o enredo começa a divergir um pouco do que foi apresentado nas HQs.

Guts – 1º Temporada, Episódio 2

O episódio começa exatamente onde paramos no piloto, com Rick dentro do tanque rodeado por zumbis. Para escapar ele encontra a ajuda de um japinha, Glenn que o auxilia. Daí encontramos mais um grupo de pessoas e a trama centra na escapada deles, que estão presos dentro de uma loja de departamentos com uma horda de mortos-vivos forçando a entrada.

E é justamente daí que surgem os primeiros questionamentos da turma que já era fã das revistas em quadrinhos pois a trama é alterada um pouco. Você a partir daqui, caso tenho lido as HQs, tem duas opções:

  1. Reclamar que o material “original” é melhor e as alterações são um lixo.
  2. Entender que a série á uma ADAPTAÇÃO e não uma transcrição da obra original ao pé da letra

Eu, particularmente, acho que mudando algumas situações e inserindo novos personagens e passagens evita o efeito “já vi” para as pessoas que conheciam toda a trama. Entendo que, para ficar algo interessante, é importante que as mudanças sejam boas.

Até aqui tenho gostado muito do que vi, principalmente na parte técnica que está impecável em se tratando de um seriado televisivo. Desta vez tivemos mais um pouco de ação, algumas tripas (ou entranhas) expostas e as questões éticas já começam a ser discutidas. Existe roubo num apocalipse como este? Posso me livrar de pessoas indesejáveis? Matar para sobreviver vale a pena?

Só me incomodou um pouco o fato do policial Rick Grimes na HQ tardar um pouco até aceitar que está num apocalipse e coisas como roubo não “existem” mais e, aqui na série, ele rapidamente já aceita: “leva mesmo essa corrente mulher“.

Pelo menos a odiada personagem Lori Grames fez uma cena “polêmica”. O sujeito, que está pegando a mulher do próximo (levando fé que ele está morto) pediu “vire aí” e ela atendeu. No matinho, na sacanagem, mas tá uma beleza né?

14 comentários sobre “The Walking Dead, episódio 2: Guts

  1. Pessoas que vivem reclamando de filmes que são filmados diferente dos livros … me cansa!
    São MEIOS diferentes! O importante é passar a mensagem e respeitá-la!
    Walking Dead é uma adaptação… não uma tradução literal das HQs. Eu estou achando válidas as mudanças e inclusive deram mais gás a história.
    Acho que a idéia é fugir da filmagem “quadro a quadro” das HQs da série.
    .
    Quanto ao episódio, eu tenho asco pelo Shane… que tipo de homem usa calça sem cueca? Tudo bem que é apocalipse e tal, fim dos tempos, zumbis.. mas calça com cinto e sem cueca é sacanagem. Ainda por cima com aquele cós acima do umbigo… depois quer pagar de macho reprodutor pegando a mulher do amigo. Nunca terá meu respeito.
    .
    Outro ponto é que… só em um filme duas figuras vão passar entranhas de zumbi pela roupa e caminhar entre eles… nunca. Essa seria a maior idéia de girico da face da terra, afinal, não tem como saber se vai dar certo. Eu que não seria cobaia!
    .
    As questões éticas achei bem sutis mas válidas, afinal a está no segundo episódio né.

    Curtir

    1. A questão que você comentou Dani, sobre eles passarem no meio dos Zumbis, na hora, me lembrei do filme “Todo Mundo Quase Morto” quando eles tem a mesma idéia.

      Mas eles não se lambmjam de morto, eles simplesmente saem andando gemendo e imitando zumbis, é uma das cenas mais hilárias que já vi, mas era comédia.

      Bom, quanto ao asco fica pro Shane e pra Lori então, um casal perfeito para morrer na primeira oportunidade, pena que isso não será possível hehehe.

      Curtir

      1. Márcio,
        Eles descem o machado no zumbi e pegam as entranhas dele, passam na roupa e inclusive o Gleen coloca o intestino do falecido no pescoço pra imitar o cheiro deles! Isso não mostrou na FOX? Por isso desisti de assistir por lá…
        Jura que você achou engraçado? Fiquei tensa.. aff…

        Curtir

      2. É tenso sim e angustiante, aliás, WD está exatamente trabalhando isso muito bem. Eu só comentei que no filme “Shaun of the Dead” tem uma cena parecia, só que hilária.

        Apesar da postagem estar seguindo a FOX, eu não estou vendo pela tv, estou é mesmo “atrasado” 🙂

        Curtir

    1. Poxa Michelli, você lembrou muito bem verdadeiro momento Brokeback Mountain hehehe

      O melhor da série é aflição, até porque ficar só em horda de zumbis durante todos os episódios fica um pouco cansativo mesmo.

      Devo comentar sobre o terceiro episódio ainda essa semana 🙂

      Curtir

  2. Marcio, é como eu disse lá no meu blog, eu até entendo os fãs. Por exemplo, quando eu penso em uma adaptação de Metal Gear para o cinema, quero ver exatamente a mesma história dos jogos e não uma paralela.

    Mas Guts ficou muito bom e acredito que as alterações nem foram tão grandes. Na verdade não sei; foram?. Caso eu esteja correto, eles não tem mesmo motivo para fazerem tanto drama. Abraço.

    Curtir

    1. Doug, eu não fico muito nessa ‘nóia’ de ter que ser identico ao original não, acho que devem ter os fatos mais importantes e a essência da obra, são mídias diferentes.

      Guts ficou realmente legal, e as mudanças houveram algumas mas nada que seja tão alarmante assim, ainda.

      O terceiro devo comentar amanhã, ou hoje se estiver no “speed” 🙂

      Curtir

    1. Pra quem leu a HQ sabe que ainda tem muita muita coisa pra rolar Uraí. Isso é só o começo.

      E eles colocara alguns personagens que não tinham então acredito que ainda tenha muito material.

      E olhe, eu não li nem metade delas.

      Curtir

  3. Não ser igual a HQ ou livros é totalmente normal, mas como você muda todo um caminho? No meu ver o seriado está horrível.

    Depois desse segundo episódio talvez eu não veja os outros episódios, porque se no começo já estão alterando TUDO, adicionando casos, pessoas, antecipando ações e diálogos antes mesmo de chegar no ponto X, o negócio para frente vai é ficar muito pior.

    Curtir

    1. Não achei que mudou todo o caminho não, apenas adicionaram mais alguns personagens e subtramas, a parte principal está toda lá.

      O subxerife acorda no hospital, encontra um pai e filho que o ajudam, vai pra atlanta, encontra o japinha, depois vai pro grupo reencontra mulher e filho e temos o Shane que tava tendo um caso.

      Na verdade eles acrescentaram coisas para não soar repetitivo para quem leu a hq.

      Eu to gostando da série;

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s