Incontrolável (Unstoppable)

Existe um certo prazer em assistir filmes catástrofe, poucos negam isso. Quando ele é baseado em fatos reais, como aqui em “Incontrolável (Unstoppable)”, este interesse ‘mórbido’ só aumenta. O mais novo trabalho do grande ‘mestre’ do gênero ação Tony Scott renova mais uma vez a parceria de longas datas com Denzel Washington e traz de quebra alguns rostos conhecidos no elenco.

Na história um trem está a toda velocidade, sem ninguém a bordo, seguindo os trilhos com destino certo de um grande desastre. Cheio de vagões com combustível e indo de encontro até a cidade de Stanton, Pensylvania (sim, onde fica o escritório da série “The Office”) cabe a um grupo de pessoas tentar parar o trem antes que algo pior aconteça.

Aí entram as figuras do maquinista que já trabalha há 28 anos na companhia Denzel Washington (O Livro de Eli) o ‘novato’ Chris Pine (Star Trek, Vírus) que fazem os papéis de heróis e nos escritórios da companhia temos a Rosario Dawson (Sete Vidas) e o chefe da companhia Kevin Dunn fazendo uma espécie de vilão. O elenco trabalha direitinho e alguns personagens convencem bastante.

Filmes baseados em histórias reais não fogem muito da tática de fantasiar um pouco em cima dos fatos verdadeiros, afinal, se fosse igual aos acontecimentos poderia-se simplesmente fazer um documentário. Entram aí as velhas ideias de envolver alguns problemas familiares dos protagonistas no meio de toda a correria em um trem a 112 km/h.

Assim que “Incontrolável” terminou eu já estava esperando começar a tocar a musiquinha tema de “Malhação”, tamanha a sensação que ficou de estar sentado no sofá de casa vendo uma dessas produções ‘batidas’ da sessão da tarde. Um filme apenas regular daqueles que não fazem mal a ninguém: não vai lhe ofender assisti-lo (é capaz até que você se divirta), e também não lhe fará falta alguma deixar de conferir nos cinemas, você pode morrer sem o assistir, confie em mim.


Incontrolável (Unstoppable – Ação: 2010, 98 min)

Dirigido por Tony Scott com roteiro de Mark Bomback. Estrelando: Denzel Washington, Chris Pine, Rosario Dawson, Ethan Suplee, Kevin Dunn, Jessy Schram, Kevin Corrigan e Lew Temple.

12 comentários sobre “Incontrolável (Unstoppable)

  1. Marcio, quero aproveitar um espaçinho aqui no seu último post pra agradecer à você pelo seu Blog. Nessa última semana que o descobri, acessei ele todos os dias e todas as noites, fiquei encantado com o seu trabalho e com seu humor e bom senso pra críticas. Eu estou começando agora minha paixão por filmes, e já estou “cinemalescamente” viciado. Seu Blog é um prato cheio para quem quer NÂO quer perder tempo assistindo porcarias. Já consegui uns 30 filmes indicados por você, os de nota 4/5 e 5/5… E realmente, são ótimos filmes. Brigado cara, parabéns pelo Blog, e continue sempre assim.

    Do seu fã: Juninho

    Curtir

  2. eu assisrir esse filme porque ele estava concorrendo ao oscar de melhor efeitos especiais…..efeitos que foram imperceptiveis no filme…não merecia ser indicado!!!
    mais o filme dá pra assistir!!!

    Curtir

    1. Poxa Tici, como eu disse, você pode até se divertir com este filme que, de fato, não é ruim. Para mim um típico filme de tv, daqueles pra você ver durante o almoço e que pode ir sem problemas no banheiro escovar os dentes e depois lavar os pratos que não estará perdendo nada de interessante.

      Curtir

Deixe uma resposta para Luana Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s