Esquadrão Classe A (The A Team)

Quem foi cria dos anos 80 com certeza deve se lembrar da série televisiva “Esquadrão Classe A” que passava por aqui no SBT, uma produção que tinha o único intuito de divertir com explosões e cenas de ação totalmente desprovidas de qualquer coisa semelhante com a realidade. A adaptação para os cinemas conseguiu capturar bem o espírito do seriado, fazendo do filme uma boa opção de diversão “descartável”.

A trama segue então a história do grupo conhecido com “Esquadrão Classe A (The A Team)”, especializados em obter êxito em missões complicadas. Porém a fama do grupo acaba os tornando alvo de uma emboscada e todos vão presos. Para limpar seus nomes eles precisarão arrumar um jeito de fugir e tentar capturar (e descobrir quem são) seus inimigos.

Os personagens principais são bem carismáticos e o elenco no geral se apresenta muito bem, com exceção de Quinton ‘Rampage’ que faz o ‘B.A.‘, não é que ele esteja ruim, mas talvez pelo original ter sido tão ‘icônico’ tenha lhe faltado um “algo a mais” para sair de sua sombra. Liam Neeson (Busca Implacável) faz o ‘cabeça’ do grupo Lynch, sempre com planos bem arquitetados e bons contatos. Bradley Cooper (Sem Limites, Se Beber Não Case) interpreta Peck, o “Cara-de-pau”, bom em disfarces e mestre da engenharia social e completando o time temos Sharlto Copley (que já tinha mandado muito bem em Distrito 9) fazendo o insano Murdock. O restante do elenco (sem esquecer a linda Jessica Biel) não chega a comprometer.

Para quem se incomoda com filmes mentirosos (aqui em Salvador a gente chama de culhudeiro ou cuiudeiro, como queira) é preferível que corra léguas desta produção. A cada sequência de ação não faltam explosões, planos mirabolantes e cenas extremamente absurdas. A todo momento de calmaria (aquela paradinha pra organizar as novas ações e nos preparar para mais loucuras) a única coisa que ficava em minha mente era o que mais poderia surgir, e assim o filme vai se superando de absurdo em absurdo com direito a coisas como manobrar um tanque caindo de paraquedas e muito mais.

Sem dúvidas não é um filme para se levar a sério, “Esquadrão Classe A” consegue cumprir seu objetivo divertindo o espectador e relembrando de forma bem interessante o antigo seriado de tv. Ainda rola uma deixa para continuações e, ao contrário do que geralmente ocorre comigo, eu gostei e tenho sim vontade de ver novamente os 4 companheiros nas telonas realizando as mais insanas missões.


 

Esquadrão Classe A (The A-Team: Ação, Comédia – 2010, 125 min)

Dirigido por Joe Carnahan com roteiro por Joe Carnahan, Brian Bloom e Skip Woods. Estrelando: Liam Neeson, Bradley Cooper, Sharlto Copley, Quinton ‘Rampage’ Jackson, Jessica Biel, Patrick Wilson, Gerald McRaney e Yul Vazquez.

13 comentários sobre “Esquadrão Classe A (The A Team)

  1. Gostei do filme também. me Supreendeu assim como o GI Joe. é diversão pipocão. Se transformers 2 e o 3. tivesse um pouco deste sentimento de não se levar a sério. seria bem melhor.

    Curtir

  2. Curti pra caralho esse filme. saiu na mesma época dos mercenários e eu achei esse bem melhor. Esse tinha proposito para sair explodindo tudo, já os mercenários não tem enredo nenhum.

    Curtir

    1. Eu acho os Mercenários bem divertido, mesmo não tendo enredo nenhum o ‘sonho’ de ver todos aqueles atores reunidos acho que faz o filme valer a pena.

      Esquadrão Classe A tem uma “historia” mas definida e não deixa de ser divertido também, só que é mais pro lado “absurdo” da diversão hehehe

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s