Sequestrados – Secuestrados/ Kidnapped 2011

“Pai, mãe e filha, se mudam para uma nova e luxosa casa em um condomínio de Madri.  Na primeira noite, durante o jantarzinho de comemoração, a residência é invadida por homens mascarados que sequestram a família.”

Sei que muitos não vão gostar de Secuestrados, vão fazer as inevitáveis comparações com outros filmes inclusive Funny Games que por sinal gosto bastante. Eu tinha expectativas muito altas em relação a  esta película de Miguel Angel Vivas e mesmo assim aprovei o que vi.

Não vou contar muito a respeito da sinopse nem detalhes da trama porque acredito que o filme funciona melhor quanto menos informações tiver e desta forma poderá se deixar levar por esta onda de tensão que não abandona o filme em nenhum momento, nem mesmo quando uma aparente calmaria toma conta da tela ou em diálogos aparentemente inofensivos.

A partir do meio do filme imaginamos que o desenho já está traçado e então percebemos que tudo é imprevisível. Violento, com uma brutalidade muito real, Secuestrados mostra uma silhueta difícil de ser encontrada em outros filmes do gênero. O choque de realidade se faz presente até mesmo quando situações onde aparentemente  se opta pelo politicamente correto – exemplo disso é quando uma personagem se vê obrigada a escolher entre deixar o sequestrador entrar ou permitir que ele mate a pessoa que está ameaçando.

Não espere uma lição de moral, entender motivações ou quem sabe tirar algo de bom desta experiência. No mundo fora da tela também não é assim? A vida imita a arte? Assita e tire suas conclusões e de preferência não leia muito a respeito do filme. Se deixe levar…

10 comentários sobre “Sequestrados – Secuestrados/ Kidnapped 2011

  1. a comparação desse filme com funny games,me faz pensar que seja bom,já que funny games é um fime impactante e violento,e como gosto de fimes com bastante terror e suspense,acho que não irei me arrepender,vou dar uma conferida.abração Marcio

    Curtir

  2. É verdade Marcio Melo,me equivoquei e cometi um erro,depois me lembrei que filmes de terror ficam a cargo da Dani Vidal,que por sinal analisa brilhantemente,tão bem quanto vc costuma fazer,então desculpa Danizinha e parabéns pelo excelente trabalho,agora gata e inteligênte fica imbatível hein Dani Vidal ? então um abraço Marcio,e um beijão Dani.

    Curtir

  3. Confesso que nunca vi nenhum caso de sequestro de uma família terminar como neste filme, que é absurdamente grotesco, um filme não precisa de tamanha selvageria para não se tornar previsivél, o apelo pela brutalidade nada tem a ver com a 7ª Arte cujo o objetivo é o entretenimento, não que eu seja adepto somente ao Happy And, mas usar o Cinema para estes fins, é a mesma coisa jogar fora todas as contribuições de Alfred Hitchcock, Brian De Palma, William Friedkin,David Fincher,Jonathan Demme etc…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s