The Walking Dead [s03e16] Welcome to the Tombs

O último episódio da terceira temporada de The Walking Dead, a grande e esperada Season Finale, foi recebida lá fora com um recorde de audiência. Não era para menos, muitas vidas estavam em jogo e, finalmente, ações importantes e difíceis seriam realizadas.

Screen-Shot-2013-03-31-at-11.39.45-PM

 Os últimos episódios desta segunda metade final da terceira temporada foram recebidos com opiniões divergentes entre os fãs, por mais que não tenham sido, a priori, episódios ruins – todos eles possuíram uma qualidade incrível na produção, fotografia, maquiagem, atuações, etc – ficava sempre aquela sensação de que estavam apenas postergando o que todo mundo queria ver, a guerra entre a prisão x Woodbury. O embate final entre Rick e o Governador.

Pobre Milton

O episódio mal começa e já acompanhamos Milton apanhando feio do Governador que descobriu que tinha sido ele quem “tostou” os zumbis que seriam usados contra o pessoal da prisão. Logo em seguida ele é levado para a “sala da tortura” para se encontrar com Andrea, quer dizer, ele teria que provar o seu valor assassinando a moça que estava totalmente presa na cadeira mas não é bem isso o que ele faz.

Numa tentativa desesperada e convenhamos, sem a mínima chance de sucesso, Milton tenta dar um fim ao Governador ao invés de seguir com a sua ordem. Logicamente sobra para o ‘cientista’ que é deixado na sala com Andrea prestes a morrer, se tornar um “mordedor” e dar um fim na garota. Triste despedida para um personagem que era até interessante e quiçá pudesse ainda contribuir com a série na quarta temporada. Pobre Milton.

Enquanto isso na Prisão…

Rick e os demais aparentemente estão se preparando para fugir, só que mais a frente descobrimos que na verdade eles bolaram um engenhoso plano para conseguir dar uma baixa nos invasores. Durante estes preparativos percebemos que Carl já se encontra desgostoso com seu pai.

TWD_GP_316_1127_0021

É tempo também para Daryl continuar lamentando a morte de seu irmão e receber o conforto de Carol. Michonne conversa com Rick e diz que entendeu suas atitudes e é tempo para se acertarem de vez, apesar que já tinha ficado claro que nossa “ninja” já era parte da “família”.

O bonde louco do Governador

Quando a numerosa trupe do Governador chega a prisão para o ataque, ou melhor, para o massacre, eles são recebidos por algumas armadilhas mas, cadê todo mundo? Depois de uma emboscada bem bolada pelo grupo da prisão o “exército” de Woodbury corre com o rabo entre as pernas.

Será que o Governador ia deixar por isso mesmo? Toda essa covardia? Claro que não, é aí que vem a chacina. Sem dó nem piedade ele liquida quase todo mundo. Visualmente foi impactante mas será mesmo que definir o Governador, um personagem tão interessante, apenas como “louco” é o suficiente pra convencer algumas de suas atitudes?

TWD_GP_316_1119_0036

E para este grande vilão a terceira temporada ficou nisso mesmo, sumiu e pronto. É óbvio que os responsáveis pela série não queriam perder um personagem/vilão tão forte agora, eles querem mesmo segurar esse “conflito” por mais uma temporada. É válido e aceitável, mas poderiam caprichar mais no roteiro.

Carl, coração de pedra?

Como questionar uma criança criada num mundo apocalíptico? Como educar alguém a ser uma boa pessoa num universo onde é matar ou morrer? Como alguém tão jovem pode superar o fato de ter enfiado uma bala na cabeça de sua própria mãe após ela ter tido a barriga rasgada com uma faca velha para ter sua filha sem anestesia, sem nada? Carl vem se tornando um personagem de destaque na série e, provavelmente, a próxima temporada deverá se centrar mais nessa relação dele com os outros e também com o seu pai.

No momento que eu julgo como o mais questionável (eticamente) deste episódio, Carl não hesita e elimina um garoto do “time do Governador” que vinha fugindo e encontra com ele e Hershel na floresta. Bastava o garoto se entregar e pronto, era só isso o que lhe foi pedido. E porque ele demorou a jogar a arma no chão? Porque ele foi entregando ela meio que apontando para Carl? Ou não foi nada disso, ele estava apenas assustado?

Quando Rick sabe do ocorrido através de Hershel e questiona o seu filho, de bate e pronto ele recebe uma longa resposta de como ele tem errado ultimamente. Será que o coração do garoto petrificou-se?

TWD_GP_316_1130_0451

Carl no início se revoltou com seu pai por não deixar Tyreese e seu grupo na prisão e, no final, parece ter se revoltado porque ele trouxe toda a comunidade restante de Woodbury para lá. Falta de coerência ou coisas esperadas por uma criança?

Despedida

Para encerrar, Rick, Daryl e Michonne resolvem ir até Woodbury dar um fim de vez ao Governador, porém só encontram uma sobrevivente da chacina no caminho e, ao chegar, conseguem permissão de Tyreese para entrar e procurar Andrea. E este momento só serviu para ela justificar seus atos e fazer as pazes com Toni Garrido Michonne.

Andrea foi uma personagem muito questionada na série, mas alguém se pôs em seu lugar alguma vez e tentou pensar o que ela queria, sentia ou achava o correto?

Conclusões

O episódio teve alguns momentos interessantes, continuou com a qualidade alta em toda a parte técnica e teve os momentos de selvageria, tiroteios, chacina e também toda a discussão envolvendo Carl. Foram-se muitos figurantes assassinados e alguns outros se tornaram do “time da prisão”. Foi o adeus para Andrea e Milton também, mas será que sentiremos muito a falta deles?

Novamente, assim como os últimos episódios, minha opinião pessoal é que não foi um episódio ruim, mas a sensação que ficou comigo com esse desfecho da terceira temporada, que começou de forma tão sensacional, foi de desapontamento. O roteiro e, principalmente, o desenvolvimento de alguns personagens chaves não foram muito condizentes com o que vinha sendo apresentado e construído.

A primeira metade dessa terceira temporada se comparada com esta metade final até parecem se tratar de séries diferentes. Saiu a tensão e a urgência para terminar com promessas não cumpridas e um final que deixou a desejar mesmo não tendo sido, de fato, ruim.

20 comentários sobre “The Walking Dead [s03e16] Welcome to the Tombs

  1. Achei um fiasco.

    Não fico me metendo em roteiro dos outros não, mas…cadê o gancho pra próxima temporada? Cadê aquela vontade, a ansiedade de esperar a próxima pra saber no que é que vai dar… ficou sem nada, parou no ar, como se na próxima semana tivesse outro episódio…

    …e o “final” do Governador…nossa muito fácil colocar ele como um louco e resolver a parada toda, né??

    E será que a Andrea não morreu por causa da saída do Darabond? sei lá, mas a morte dela não teve propósito nenhum na série (e o Dale morreu porque saiu junto com o outro produtor da série não foi? pensei que pode ter acontecido o mesmo)…foi uma morte honrada e só…

    enfim…tenho muito medo do que vai vim na próxima temporada.

    Curtir

    1. Pois é, isso me entristeceu, o fato de colocar o Governador como “louco” e justificar todos os seus atos. Coisa parecida aconteceu com Rick nos episódios anteriores quando ele considerou entregar Michonne. Ele é tão menino assim de acreditar, nem que fosse por um instante, que isso daria certo?

      Os maiores problemas foram mesmo a promessa não cumprida e o roteiro também não ajudou. Dava pra fazer o que eles queriam (manter o Governador vivo pra próxima temporada) sem tanta “maluquice”.

      Confesso que também não tenho a mesma ansiedade para ver a 4º temporada do que tinha quando, no final da segunda temporada, Rick gritou para o grupo “Isso não é mais uma democracia!”.

      Jeito para voltar a ficar interessante tem, ainda mais com esse lance do “amadurecimento insano” de Carl. Vamos torcer, mas sem pressa.

      Curtir

  2. impressão minha ou a Dani vazou do blog? nada contra vc comentar,pra mim tá beleza hahaha… enfim,quanto ao episódio tenho que concordar com vc em tudo, estou desapontada,pra ser o último da temporada tinha que ser bem melhor,nós esperamos tanto por essa guerra do governador com a prisão e foi aquela coisa insossa e sem graça,o problema é que twd é um programa da amc,voltado pra família,pena que não é da Hbo,seria mais tenso e mais violento e ainda teria putaria hahaha seria bem mais foda,mais não se pode ter tudo não é mesmo?

    Curtir

    1. Infelizmente é isto mesmo Vanessa, não se pode ter tudo.

      Quanto a Dani ela não vazou do blog não hehehe, apenas está sem tempo. É tanto que nem no blog dela (o Feminina do Ibahia) ela disse que está conseguindo escrever.

      Como TWD era algo mais urgente, pedi licença a Dani e escrevi sobre o episódio. Tentei fazer algo razoável hehehe.

      Curtir

  3. Concordo plenamente. fiquei decepcionado, esperei mais dessa segunda metade, mas os produtores resolveram enrolar, segurar seu vilão.

    Minha maior decepção foi o embate na prisão….. sinceramente ele foi péssimo.
    como uma metralhadora daquelas trava? e o lança granadas do martinez? sumiu do nada.

    Curtir

  4. Ficou a sensação que a Mid Finale foi mais sensacional que a Finale propriamente dita justamente pelo anti-clímax e falta de gancho, como tivemos no S03E08, para ficarmos roendo as unhas pela próxima temporada.

    Essa metade final me fez lembrar a irregular segunda temporada: episódios que não são ruins, mas que também não são memoráveis. Uma pena que, no saldo geral, só o intérprete do Governador terá chances de disputar Emmys e afins.

    Curtir

  5. Concordo com praticamente tudo que está aí, mas quanto ao Governador e sua “chacina” tenho uma pequena colocação:
    Li os livros da série (terminei o segundo na semana passada) e eles contam a história do Governador desde os primeiros dias do Apocalipse. Conhecendo essa história, a origem do alter ego GOVERNADOR, eu vi a “chacina” e não me choquei nem um pouco. O nível de insanidade daquele homem já alcançou proporções astronômicas há muito tempo. Acreditem. E esperem por mais!

    Curtir

    1. Mas Elvis, a proposta deles foi fazer uma história diferente. Diferente do original HQ, então suponho, diferente dos livros também (ainda não li e não sei se o livro tem mais a ver com a HQ ou com o seriado). Tipo, não é necessário saber a história da HQ pra entender a série.

      Na verdade, até comparando pela HQ, o Governador louco seria normal…mas ele não foi louco desde o início. Ficou mais parecido com preguiça de escrever um bom roteiro.

      Curtir

      1. Talvez, quem sabe, numa quarta temporada eles poderiam explorar essa história do Governador voltando um pouco no tempo e tal, eu aprovaria algo assim, mas tendo em base apenas o que foi visto do personagem no seriado, ficou mais com cara de preguiça em fazer um roteiro mais bem amarrado e convincente.

        Curtir

  6. Eu realmente concordo com tudo o que Márcio falou, a terceira temporada deixou um tanto a desejar, falta de Milton e Andréia? Acho que não! Para mim a melhor cena dos últimos episódios foi mesmo o olhar de Merle zumbi para Daryl, as lágrimas deste me comoveram, baita ator! Lindo tb , diga-se de passagem! Enfim, como fãs certamente aguardaremos anciosos pela 4 temporada, rezo para substituirem os diálogos por vezes demorados e chatos por muita adrenalina e ação “zumbistica”.

    Curtir

  7. Verdade JACY, o Governador do HQ e o do livro não se comparam com o do seriado, que aparentemente ficou louco agora. Acho que falta coerência entre as histórias. Na minha opinião elas deveriam se completar.

    Curtir

  8. também achei o início da terceira temporada melhor, mas gostei bastante dos três últimos, principalmente os dois anteriores ao season finale. tudo relacionado ao Carl está muito interessante. é outra pessoa se formos lembrar de suas burradas na primeira e segunda temporada.
    o que me decepcionou foi justamente o fato dos roteiristas não terem dado um fim para o governador. sinceramente, não tenho mais saco para mais uma temporada com esse conflito sendo o mote principal da série.
    mas tudo bem, seguirei acompanhando…

    Curtir

  9. Acho que o Carl está ficando mais “adaptado” a esse mundo, porém, ninguém percebe que ele só executou o garoto por orgulho? Devido a Rick não ser um pai frequente, aliado a tudo que ele teve de fazer e vivenciar, é demais para uma criança. Quando Carl estava na floresta com Herschel e beth, disse: eu devia estar lá, e , quando matou o garoto, tentou convencer o pai,”matando um soldado”, que pode ser útil, que já é um homem e pode ajudá-los nas tarefas sujas, ele não suporta ser deixado de lado e só quer essa atenção do Rick e reconhecimento. Mas é verdade, não esboçar nenhum sentimento após um homicídio frio nos remete a um pouco de sociopatia. Disseram ter planos para o governador desde o início, vamos ver. ótima análise e ótimo site.

    Curtir

    1. Valeu pelos elogios Sávio!

      A visão que você trouxe em seu comentário é realmente ímpar, tem muito disso mesmo em Carl.

      Espero que eles explorem mais esse conflito pai e filho do que ficar nessa de bonde louco do Governador.

      Curtir

  10. Que nada, eu que agradeço, sempre que tenho um tempinho livre, venho conferir aqui. Geralmente sempre concordo com as críticas e avaliações dos posts, será porque sou de Salvador também? conterrâneo haha.

    Agora que não precisamos de toda essa história de woodbury, Andrea com sua indecisão e afins, acredito que não haverá tanta enrolação, nem bonde louco como você citou, deve ser mais direto e focalizado agora, mas nem estou ansioso nem criando expectativa.
    Abraços e sucesso man

    Curtir

    1. Poderia até focar sim no Governador, mas porque não voltar no tempo um pouco e mostrar a história de como ele chegou até ali? Seria melhor do que continuar enrolando com tramamóias até a sua morte, se é que vai morrer na série né?

      Curtir

  11. A história de como o Governador chegou em Woodbury e ali se instalou é muito interessante (e também chocante em vários aspectos). Acho que seria interessante se fosse incluída na série, talvez contada em alguns flashbacks ou sei lá. Mas isso seria um desafio e tanto para os roteiristas, contar a história sem entregar os pontos principais dela logo no início. Enfim, não vou me prolongar para não dar spoilers…heheh

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s