A Vida Secreta de Walter Mitty: Como a música pode tornar um trailer interessante de verdade.

Alguém ainda lembra dos tempos em que os trailers de filmes nos entregavam apenas uma ideia do que ele poderia ser quando lançado? Era uma época diferente com a internet inexistente ou ainda engatinhando, em que éramos livres de spoilers indesejados ou de longas cenas antecipadas, uma época em que quando íamos assistir finalmente o filme anunciado semanas antes pelos trailers ainda nos restavam surpresas e coisas a serem descobertas nele.

Os trailers atuais nos entregam muito do filme, muito mais do que o necessários para nos cativar e nos fazer gostar dele depois. Quem nunca se decepcionou ao chegar no cinema e ver que as melhores cenas já tinham sido vistas e revistas dezenas de vezes antes dele ser lançado?

A Vida Secreta de Walter Mitty

Quando assisti pela primeira vez o trailer deste filme que será lançado no final deste ano com Ben Stiller, fiquei muito feliz e surpreso. Assistam:

Este trailer é um tapa na cara. Percebam como ele praticamente não tem diálogo (existe um no final de uma cena que parece ser genial, escolher entre o azul ou vermelho te lembra algo?), percebam como o poder da música age enquanto vemos, sim, cenas do filme, e somente o necessário para nos deixar inquietos e curiosos.

A-Vida-Secreta-de-Walter-Mitty-poster

A Vida Secreta de Walter Mitty (The Secret Lyfe of Walter Mitty) é uma  comédia de fantasia baseada em um obra homônima de 1946 que contava a história de um tímido escritor de quadrinhos que viva sonhando acordado. O filme vai ser protagonizado e dirigido por Ben Stiller (“Trovão Tropical”) e vai contar ainda com Sean Penn (“A Árvore da Vida”), Kristen Wiig (“Garota Fantástica“), Shirley MacLaine, Adam Scott e Patton Oswalt .

Não sei vocês, mas já me ganhou pelo trailer.

6 comentários sobre “A Vida Secreta de Walter Mitty: Como a música pode tornar um trailer interessante de verdade.

  1. só por ser com Ben Stiller já um motivo pra eu ver, gosto muito da atuação dele, é bem divertida…afinal de não ser fã das suas direções,o unico que eu gostei foi “o mentiroso”, “trovão tropical” foi o que eu mais odiei….esse tá com cara de que vai ser o melhor de seus trabalhos.. e com certeza vai ser…

    Curtir

      1. na verdade não é o mentiroso, eu errei..é “o pentelho” e eu não consegui achar graça nehuma em trovão tropical aliáis todos que estavam assistindo o filme comigo tbm odiaram, mais agente conseguiu assistir até o fim…hehehe..eu posso dizer que sobrevivi ao trovão e a Dancinha Ridicula de Tom Cruse no final..

        Curtir

Deixe uma resposta para Amanda Aouad Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s