Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy)

Da aposta mais arriscada e improvável da Marvel, que resolveu trazer para as telonas uma turma não muito conhecida dos quadrinhos composta, dentre outros, por um guaxinim armado até os dentes e um humanoide árvore monstruoso (e muito amável), surge o maior acerto da companhia e o filme mais divertido deste ano de 2014 (até aqui).

Na trama, após roubar uma relíquia misteriosa em um planeta esquecido, Peter Quill (Chris Pratt, “A Hora Mais Escura”) acaba virando alvo de um impiedoso vilão conhecido como Ronan, o Acusador (Lee Pace, “O Hobbit – A Desolação de Smaug”). Após altas confusões do barulho, um grupo disfuncional de foras-da-lei começa a se formar para combater este poderoso ser maligno e, de quebra, salvar o universo. Eles serão então, contra todos os prognósticos, os “Guardiões da Galáxia”.

guardians of the galaxy

Não se levar a sério e abraçar sem medo de ser feliz a galhofa, este é um dos pontos mais positivos do filme dirigido e co-roteirizado por James Gunn. Ele conseguiu encontrar um equilíbrio perfeito entre humor e ação, tudo isso aliado a um estilo visual que salta aos olhos. A caracterização dos seres interplanetários opta na maioria das vezes pelo uso da maquiagem ao CGI, e daí surgem aliens com cores berrantes, do verde ao rosa-shock passando pelo amarelo sol e por aí vai. Tudo isso contribui, e muito, com a proposta desta insana aventura intergaláctica.

Outro ponto muito forte em “Guardiões da Galáxia” está centrado no desenvolvimento dos personagens. Entre o grupo ‘principal’ por mais que o coração da maioria dos espectadores tenda para o amável Groot (voz de Vin Diesel) – I´m Groot! – é impossível não se cativar pelos demais. Chris Pratt, por exemplo, desde as primeiras cenas já esbanja carisma como “O Senhor das Estrelas” (Star Lord), ele está incrível e extremamente engraçado. Rocket (dublado por Bradley Cooper) é um guaxinim cheio de recursos, armado com poderosos trabucos e com um temperamento muito forte que está sempre acompanhado de seu fiel escudeiro humanoide árvore (já citado). Gamora (Zoe Saldana, “Avatar“) é talvez a personagem mais ‘séria’, mas nem por isso menos interessante. E para finalizar a turma da “linha de frente” o lutador David Bautista faz um trabalho muito bom como Drax em seu primeiro grande papel no cinema.

3922448-4094809249-Guard

Todos os personagens tem a sua importância e relevância na história, até mesmo os secundários onde podemos destacar entre os vários o Yondu interpretado por Michael Rooker (o Merle de “The Walking Dead“), que está surpreendentemente muito bom, ou ainda o personagem do Dijimon Hounsou.

Existe uma ‘força nostálgica’ incrível em “Guardiões da Galáxia” que remete aos anos 70/80 a começar pela INCRÍVEL trilha sonora que é basicamente carregada numa fita k7 no walkman do “Senhor das Estrelas“. Muita coisa remete também ao clássico Star Wars, sejam alguns arcos na aventura e a estrutura das “batalhas de navezinhas” ou até mesmo os personagens onde, facilmente, pode-se visualizar semelhanças incríveis aos grandes ‘Han Solo‘, ‘Chewbacca‘ e até mesmo a ‘Princesa Leia‘. E o melhor é que nada é gratuíto ou jogado de maneira aleatória, é tudo muito bem feito e com um humor de nos fazer rir quase a todo instante. Em cada momento sempre tem uma boa piada sendo contada/interpretada.

Não se levar tão a sério e saber brincar com seus próprios clichês (“…pronto, levantei, agora estamos todos aqui nessa rodinha parecendo um bando idiotas…”) é outra qualidade desta produção surpreendentemente muito acertada e que, trocadilhos à parte, não deixa de ser ‘uma nova esperança’ para os filmes de super-heróis que, de uns tempos para cá, ficaram sérios, sombrios e ‘reais’ demais. Os “Guardiões da Galáxia” resgatam de maneira bem divertida aquele estilo maroto que as obras envolvendo heróis possuíam antigamente.

guardians-galaxy-4

Consistente mesmo em meio a tantas piadas (uma delas até bem pesada), “Guardiões da Galáxia” é sem sombra de dúvidas uma das coisas mais bacanas e inteligentes que foram lançadas este ano nos cinemas e que ainda contribuiu para expandir o universo da Marvel até os confins do universo. Um filme excelente para te fazer rir, cantar, dançar igual ao Kevin Bacon, se emocionar e ainda pedir bis. I´m Groot!!!

 ***

  1. Guardiões da Galáxia > Os Vingadores.
  2. The Awesome Mix Vol. 1: Ooga-Chaka Ooga-Ooga, Ooga-Chaka…
  3. No Raccoons or tree creatures were harmed in the making of this film. Este aviso é dado no finalzinho dos créditos.
  4. Quem foi cria dos anos 80 deve ter rido alto no cinema com a cena pós-créditos que consegue ser ainda mais galhofa do que algumas das picardias e desventuras apresentadas no filme.
  5. Groot é pra morar no coração sem pagar aluguel.

 


Excelente: Classificação 5 de 5

hr_Guardians_of_the_Galaxy_46Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy, 2014 – 121 min)
Ficção Científica, Aventura.

Dirigido por James Gunn com roteiro de James Gunn e Nicole Perlman. Estrelando: Chris Pratt, Zoë Saldana, Bradley Cooper, Vin Diesel, Lee Pace, Dave Bautista, Michael Rooker, Karen Gillian, Dijimon Hounsou, John C. Reilly e Benício Del Toro.

22 comentários sobre “Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy)

  1. Achei o filme e divertido, mas não essa coisa de outro mundo pintada aos quatro cantos como ando vendo. Concordo que é bem feito tecnicamente, mas certos aspectos me incomodaram mais do que estimularam, por isso acho menos.

    Fico feliz pelo sucesso, pois é merecido por sua qualidade, muito mais que outros títulos por aí.

    Curtir

    1. Eu me diverti tanto, mas tanto, e adorei a trilha sonora, os personagens e, sinceramente, não vi nenhum aspecto que chegou a me incomodar.

      Mas numa coisa concordamos, é um filme divertido e o sucesso é merecido realmente.

      Grande abraço! 😀

      Curtir

  2. Porra Marcio, não chama o Rocky de Guaxinim não kkkk

    Se pudesse veria de novo no cinema. Pra mim, o maior acerto da Marvel até agora. Imagina se resolvem misturar com os Vingadores, Os Guardiões vão roubar a cena.

    Simplesmente, demais.

    Curtir

    1. hahahha sim, é que eu sou tão velho que confundi as super tecnologias, walk talk eram o mais próximo que tínhamos de um celular antigamente, nossos radinhos pra brincar de guerra ou polícia e ladrão. Valeu, corrigi no texto!

      Curtir

  3. Não alimentava qualquer expectativa em relação a esse filme e nem os trailers me chamavam a atenção,mas quando assisti saí com um sorriso como há muito não saía de uma sala de cinema. Cara,que filmaço! A interação entre os personagens pra lá de bizarros funciona muito bem,e criamos empatia logo de cara. Gostei demais!

    Curtir

    1. A forma como os personagens são apresentados e construídos realmente é muito cativante, a empatia é forte realmente.

      Também saí do cinema assim!

      Grande abraço 🙂

      Curtir

  4. embora eu tenha dormido em algumas partes, isso não me atrapalhou na compreensão da história, pra mim o melhor filme da Marte deste ano, embora alguns tenham achado Capitão America 2 melhor, mais pretendo ver de novo pra recuperar partes perdidas durante o sono kkk. o que importa é que minha namorada gostou e até chorou emocionada…:D

    Curtir

    1. Só estando doente para eu crer que alguém dormiu nesse filme, tá louco. E consegue ver o filme dos Transformers que é quase o dobro do tempo? Eu hein hehehehe

      Curtir

      1. kkkk deve ser porque Transformers tem mais ação,vamos ser realistas..por isso me mantinha sem piscar os olhos durante o filme inteiro, quando eu venho dormir em um filme de ação, é porque não tem tanta ação assim…não que o filme tenha deixado a desejar nas lutas, é que Transformers nesse quesito Ação dar 10 x 0, se não eu não teria cochilado, mais o filme é bom eu gostei!

        Curtir

  5. isso não quer dizer que Transformers seja melhor que guardiões, claro que guardiões é melhor filme que Transformers, só que eu não acredito que guardiões tenha tido mais ação….só isso!

    Curtir

    1. Sim sim, Transformers tem mais ação que Guardiões, mas em relação a quantidade mesmo até porque o filme é bem maior. Ainda assim, achei as cenas de ação de Guardiões muito boas e em uma quantidade ideial. Não tenho mais idade pra passar 3 horas no cinema com explosões mil, mas esse sou eu já idoso hehehehe

      Curtir

      1. E a causa de eu ter dormirdo, naum foi porque o filme era chato, foi por que cheguei do trabalho, não descansei direito, e o cansaço pesou na hora do filme….

        Curtir

      2. Putz Thiago … concordando com o Márcio: transformes perdeu a direção e só tem ação! Rs. Sou desse clube de idosos que presa equilíbrio na trama de um filme. Acho que o exagero é que fez Transformers cair um bocado. Saí do cinema cansado e frustrado.

        Guardiões por outro lado é um filme que conseguiu equilibrar a ação com história, bons toques de humor e sem perder a “seriedade” geral. Acho que foi um dos melhores filmes do ano.

        Curtir

      3. kkkkk firme Fabio, ele pode ser pra você o melhor filme do ano, mais essa Batalha dos cinco exércitos vai derrubar todos atrais dele, disso eu tenho certeza, mais guardiões com certeza estará na minha lista dos melhores do ano, não vai está entre os primeiros mais vai está kkk

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s